A Bagaceira - José Américo de Almeida

A Bagaceira José Américo de Almeida

A Bagaceira

José Américo de Almeida

Sinopse:
Considerado o marco inicial da segunda fase do Modernismo brasileiro, A bagaceira inaugura o ciclo do “romance nordestino” dos anos 1930. A história se passa entre 1898 e 1915, os dois períodos de seca. O enredo central gira em torno do triângulo amoroso entre Soledade, Lúcio e Dagoberto. Soledade, menina sertaneja, retirante da seca, chega ao engenho de Dagoberto, pai de Lúcio, acompanhada de vários retirantes: Valentim, seu pai, Pirunga, seu irmão de criação, e outros que fugiam da seca. Lúcio e Soledade acabam se apaixonando. Mas a relação entre os dois ganha ares dramáticos quando Dagoberto violenta Soledade e faz dela sua amante. A tragédia de amor serve ao autor, político paraibano, puramente como pretexto para denunciar os problemas sociais econômicos do Nordeste, os dramas dos retirantes das secas e da exploração do homem em um injusto sistema social. Explorando os mesmos temas, o baiano Jorge Amado, a cearense Rachel de Queiroz, o alagoano Graciliano Ramos e o também paraibano José Lins do Rego desenvolveram a mesma literatura ficcional crítica e revolucionária.

Sobre o Autor:
José Américo de Almeida foi eleito em 1966 para a Academia Brasileira de Letras.

Descrição do livro:
Formato: eBook Kindle
Tamanho do arquivo: 2151 KB
Número de páginas: 263 páginas
Editora: Editora José Olympio; Edição: 1 (2 de fevereiro de 2017)
Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
Idioma: Português
ASIN: B01N5WM4O9



Recomendações:

Postar um comentário

0 Comentários